Hugo Schuchardt an José Leite de Vasconcelos (15-20843)

von Hugo Schuchardt

an José Leite de Vasconcelos

Graz

28. 11. 1883

language Portugiesisch

Schlagwörter: As Colónias Portuguesas Clavel & Co. Publikationsversandlanguage Spanisch (Annobon) Schuchardt, Hugo (1884) Schuchardt, Hugo (1884)

Zitiervorschlag: Hugo Schuchardt an José Leite de Vasconcelos (15-20843). Graz, 28. 11. 1883. Hrsg. von Ivo Castro und Enrique Rodrigues-Moura (2016). In: Bernhard Hurch (Hrsg.): Hugo Schuchardt Archiv. Online unter https://gams.uni-graz.at/o:hsa.letter.4123, abgerufen am 27. 02. 2024. Handle: hdl.handle.net/11471/518.10.1.4123.


|1|

Acabo de receber 11 numeros das Colonias portuguezas, que me enviam os Srs. Clavel e Ca.,1 a pedido de V. Muitas graças. Não sei ainda em que moeda remetter-lhes-hei o importe de 2$800 reis2 (me parecem 500 de mais; todo um anno custa 2000 reis, o porte 140 + 50 reis). Posso mandar papel italiano?

E os apontamentos sobre o creoulo em que me fallou?

Em poucos dias receberá Est. creoul. IV (malaio-hespanhol das Philippinas)3 e V (*melanesio-inglez)4.

Os meus amigos de Hespanha me mandam a reproducção d’um seu trabalho sobre a linguagem infantil;5 porque não fizeram-o os amigos de Portugal?

Totus vester
Hugo Schuchardt


1 Livreiros do Porto, donos da Livraria Portuense e editores de vários trabalhos de Leite.

2 Anotação de Schuchardt na margem: «error de 8 por 3?»

3 (Schuchardt 1883: 111-150). O ex. de Leite (reg. 18.983/188/2) não tem anotações.

4 (Schuchardt 1883: 151-161). O ex. de Leite (reg. 18.984/188/2) também não tem anotações.

5 Deve tratar-se do segundo capítulo das Contribuições para o estudo da linguagem infantil, Barcelos, 1883 . Este opúsculo tem três caps.: o primeiro, sobre linguagem infantil espanhola, é da autoria de A. Machado y Álvarez e foi trad. por Leite (cf. Evolução, 55, n. 1); o segundo, sobre linguagem infantil portuguesa, é do próprio Leite e foi trad. para espanhol em El Porvenir de Sevilha, n.º 10.700 e 10.702; o terceiro, sobre linguagem infantil inglesa, foi trad. do inglês. Tudo é circunstanciadamente explicado nos Opúsculos de Leite, vol. I. Filologia (parte I), Coimbra, 1928, 153ss . Foi certamente o cap. II que Schuchardt conheceu pela trad. sevilhana. Cf. à frente (LV09) as razões por que Leite não o enviou ao professor de Graz.

Faksimiles: Die Publikation der vorliegenden Materialien im „Hugo Schuchardt Archiv” erfolgt mit freundlicher Genehmigung der Universidad de Lisboa. (Sig. 20843)